O Xerife do Condado de Franklin (EUA) ataca o problema de Metanfetamina com uma nova abordagem

2-O-Xerife-do-Condado-de-Franklin-(EUA)-ataca-o-problema

Condado Franklin, Florida – A Metanfetamina continua a ser um grande problema no Condado Franklin. O novo policial tornou sua prioridade prender pessoas responsáveis pela epidemia, mas ele está tendo uma abordagem diferente para tirar as drogas da rua.

“Quando eu estava em campanha, em todos os lugares que fui as pessoas me diziam que havia um problema com Metanfetamina nas comunidades do condado. Eu sabia que tinha um problema, porém na realidade não sabia que era grande ou que aquele montante de gente estava preocupado com isso, mas, por onde andei as pessoas falavam sobre isso,” disse o Xerife A.J. Smith.

Smith prometeu aos residentes durante sua campanha de eleição que iria acabar com o condado da droga. À essa altura do ano, os xerifes adjuntos do Xerife fizeram 71 prisões relacionadas à drogas.

A última foi na Terça-feira quando investigadores emitiram um mandado de busca para a residência de Jeffery Nowling em Eastpoint. Eles indiciaram Nowling com duas acusações de venda de substância controlada, duas de posse de substância controlada com a intenção de vender ou entregar e várias outras acusações menores.

“Quando se tem uso pesado de Metanfetamina nos bairros, muitas pessoas estão circulando a noite toda. Eles estão roubando. Eles estão cometendo outros crimes. Uma parte disso foi reduzida. Isso é atribuído aos xerifes que estão trabalhando duro nesses bairros.” Comentou Smith.

Enquanto Smith vê melhoras, ele disse que mais prisões não são necessariamente a solução como um todo.

“Assim que essas pessoas decidem que isso não é vida, eu quero viver, aí eu estou aqui para ajudar,” disse ele.

O Xerife Smith quer acabar com o problema pela raiz, através de oportunidades de reabilitação para os presos.

Christopher Wells, 23, é o primeiro preso que se prontificou e solicitou admissão num programa de reabilitação. Ele é viciado em metanfetamina e entra e sai do sistema desde que tinha onze anos de idade.

Wells espera que a sentença de nove anos a qual chegou ao fim essa semana seja sua última mas ele teme que a permanência de metanfetamina no condado ameace qualquer chance que ele tenha de recuperação.

“Eu dei um trago e fiquei preso,”comenta Wells. “Isso que acontece parece estar preso a mim. Agora quero sair disso. Não quero entrar em problemas mais. Quero fazer o certo.”

“Como Xerife, vou fazer minha parte para que dê certo,” complementou Smith.

O programa de drogas e reabilitação chamado Teen Challenge está localizado em Pensacola. Uma das maiores metas é ajudar adultos que cresceram em famílias e comunidades onde o abuso de substâncias criou uma espiral de adicção.

Fonte: My Panhandle